Dando continuidade à série de posts sobre viagem para Fortaleza/CE falarei um pouco sobre o deslocamento Aeroporto – Hotel. É muito importante conhecer quais são as opções disponíveis nesse sentido para que possa continuar economizando. Não falarei sobre o transporte público, as minhas viagens a Fortaleza foram em grupo e todos tinham bagagem de mão e despachada, então optei por pesquisar outros meios de transporte para maior comodidade.

Em duas das viagens utilizamos o serviço de transfer. Uma fazia parte do pacote adquirido com a CVC Viagens e Turismo (traslado aeroporto-hotel-aeroporto) e outra foi uma cortesia do Hotel que ficamos hospedados (traslado aeroporto-hotel), nesse particular, maiores detalhes serão apresentados no próximo post dessa série , referente à  dicas de hospedagem.

Nas outras viagens procurei algumas opções disponíveis mais viáveis para chegar ao Meirelles (bairro em que costumo me hospedar – apox. 15 km do Aeroporto). Pesquisei o preço em Agência de Turismo local e verifiquei que, utilizando van, o valor ficaria em torno de R$ 150,00. Como em cada uma dessas viagens a minha equipe era pequena, seis e sete pessoas, acabou não sendo viável utilizar esse serviço, pois o custo ficaria acima de R$ 20,00 por pessoa. Mas, se a sua equipe de viagem é grande, contratar esse serviço pode ser vantajoso. No post 4 dessa série deixarei os contatos da Agência que realizou alguns dos nossos passeios. Eles também fazem esse serviço de traslado.

Outra opção é o uso do táxi especial. Ainda no desembarque, assim que retirar a sua bagagem na esteira, verá a loja da COOPAERO. O valor a ser pago é fixo, conforme o zoneamento definido. O custo do táxi até o Meirelles ficou em R$ 53,00. O pagamento foi feito na própria loja da COOPAERO. Pode ser em espécie ou cartão.

Outra alternativa é o táxi comum. Ficou um pouco mais barato (cerca de R$ 5,00 a menos) se comparado ao da COOPAERO. Para utilizar esse serviço basta se dirigir diretamente a frente do terminal de passageiros no piso térreo mesmo.

Quando cheguei à cidade em horário de grande movimento nas rodovias (“horário de pico”) optei pelo táxi especial, pois, como mencionado, o valor é fixo. Fiquei com receio de utilizar o táxi comum e haver”engarrafamento” no percurso, o que poderia elevar o valor da corrida.

Deixarei o link  da COOPAERO abaixo para que possam verificar mais detalhadamente o zoneamento, horários de bandeiras 1 e 2, as tarifas atualizadas e outras informações, porventura necessárias. Abraços.

Link:

COOPAERO: http://www.coopaero.com.br